ESTATÍSTICAS DO MÊS – MAIO 2017

Bem, chegámos aos 4 meses de viagem, uma marca importante e merecedora de mais uma passagem pelas nada enfadonhas estatísticas do mês, agora relativas a Maio de 2017!

Para fins estatísticos consideramos que passámos este mês por 8 destinos, mas na realidade dormimos em 13 locais diferentes, considerando as 3 noites durante o Inka Jungle Trek, entre Cusco e Machu Picchu, e a dormida em 3 ilhas do arquipélago das Galápagos.

Somámos mais dois países à lista, Equador e Colômbia, tendo dividido a primeira metade do mês para o Peru e a outra metade para o Equador. Só chegámos à Colômbia no dia 30 e contamos agora com 31 destinos e 8 países em quatro meses.

Em relação aos gastos reais versus previsão, este foi um mês atípico, com uma significativa derrapagem de 30% face ao orçamento à saída de Portugal, mas facilmente justificável.

Positivo: conseguimos gastar menos em todas as rubricas, excepto tours, e com grande ganho no voo de ida e volta às Galápagos; tínhamos previsto 760€ e conseguimos por 450€

Negativo: não fugindo à regra, voltámos a ultrapassar as previsões em tours, excursões, entradas em museus, parques, etc. A justificação aqui é simples, falta de planeamento prévio das Galápagos – só a entrada nas ilhas custa 260 USD para os dois, não prevista, além dos gastos nos diversos tours que realizámos por lá, nada económicos, conforme poderão verificar quando escrevermos exclusivamente sobre este paraíso; no restante, diríamos que os preços das atracções e atividades para turistas são mais económicos nestes países, comparativamente com o sul da América do Sul, passe a redundância

Outros dados:
  • A nossa estadia mais económica foi em Huacachina, o oásis do Peru, em dormitório, por 11€/noite para os dois; os preços das estadias no Peru nunca passaram os 15€/noite, excepto em Cusco
  • A pior estadia foi em Lima, no Peru, onde não tivemos água na primeira noite, a cozinha era algo absurda, as camas não tinham bom aspeto, etc.
  • A melhor estadia foi em Paracas, também no Peru, onde encontrámos um verdadeira cocktail de boas-vindas, limpeza imaculada, boa disposição, bom-gosto e vontade de conversar
  • Caminhámos em média 11km por dia (tal como o mês passado)
  • Percorremos um total de cerca 4155km de autocarro (vejam o mapa de seguida com o nosso percurso durante o mês)
  • Voltámos a entrar num avião, o nosso primeiro voo durante a viagem, passados cerca de 3,5 meses, para os trajetos Guaiaquil – Galápagos e Galápagos – Quito
  • Este mês fizemos 166km de táxi, em inúmeras viagens nos três países, por dois motivos – preço económico e falta de alternativas; a maior viagem foi de 40km, tendo custado 25USD, entre o aeroporto e o hostel, em Quito, não existindo qualquer alternativa no horário em que chegámos
  • Fizemos 450km de barco nas Galápagos, entre ilhas e tours, sem grandes enjoos 🙂
  • A maior fatia dos custos foi para os tours, principalmente pelos tours das Galápagos e o Inka Jungle Trek de Machu Picchu, absorvendo 37% do total, seguindo-se os alojamentos, com 24%, e as viagens, com 19%
  • As viagens de autocarro no Peru e Equador são muito mais económicas do que nos países do sul, recomendando aqui a companhia Cruz del Sur, com um excelente serviço, ligando as principais cidades do Peru e algumas conexões internacionais; a viagem mais cara custou 44€ por pessoa para 943km, entre Trujillo (Peru) e Guaiaquil (Equador)
  • Trocámos de planos uma vez durante este mês:
    • Acrescentámos as passagens por Ica, o oásis, e Paracas, com a sua reserva nacional
    • Para o anterior, retiramos Salinas, a zona balnear mais próxima de Guaiaquil, por nos terem dito que não se justificava

Números (acumulados à frente entre parênteses):

  • 31 dias de viagem (112)
  • 8 destinos (31)
  • 3 países (8 – Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Bolívia, Peru, Equador e Colômbia):
    • Peru
    • Equador
    • Colômbia
  • O Melhor – Ilhas Galápagos, Equador
  • O Pior – O dinheiro que gastámos nas Galápagos

Alojamentos:

  • O Melhor – Paracas Camp Backpackers (Paracas) – 11€/noite
  • O Pior – La Casa de Karen (Lima) – 15€/noite
  • O mais caro – Loki Hostel (Cusco) – 32€/noite
  • O mais barato – Huacachina Backpackers House (Huacachina) – 11€/noite
  • 0 noites em avião (1)
  • 5 noites em autocarro (17)
  • 25 noites em hostel (79):
    • 24 noites em quarto privado (55)
    • 1 noite em dormitório (24)
  • 1 noites em hotel (5)
  • 0 noites em tenda (3)
  • 0 noites em Airbnb (7)

Maiores despesas:

  • Tours nas ilhas Galápagos – nos oito dias fizemos 4 tours para snorkel
  • Inka Jungle Trek Machu Picchu
  • Voos Guaiaquil – Galápagos e Galápagos – Quito

DespesasMaio

Estimativa de distâncias percorridas (acumulados à frente entre parênteses):

  • 4155km de autocarro (18606km)
  • 2413km de avião (11228km) – http://www.greatcirclemapper.net
  • 344km a pé (1227km)
  • 0km de carro (450km)
  • 166km de taxi (337km)
  • 70km de bicicleta (165km)
  • 44km de comboio (104km)
  • 450km de barco/ferry (50km)
  • 0km de teleférico (15km)
  • 0km de mototaxi (3km)
  • 0km à boleia (0km)

Top 3 das piores decisões até agora:

  • Compra do drone nos Estados Unidos (já regressou da reparação e já está novamente inutilizado, tendo-se espetado contra uma parede por livre e espontânea vontade – escreveremos sobre o assunto quando a novela terminar)
  • Estadia demasiado longa em El Calafate e não ter ido a El Chaltén
  • Escolha do alojamento em Cabo Polónio

Top 10 do mês:

  • Ilhas Galápagos (pormenorizaremos mais tarde)
  • Machu Picchu
  • Treking Rainbow Mountain
  • Colca Canyon e o voo dos condores
  • Almoço com amigos – obrigado Mark e Maria João
  • Rafting no rio Urubamba
  • Cidade de Arequipa
  • Passeio de buggy em Huacachina
  • Passeio na Reserva Nacional de Paracas
  • Ruínas pré-inca de Chan-Chan e Huaca del Sol, em Trujillo

Top 10 da viagem:

  1. Ilhas Galápagos, Equador
  2. Tour do Salar de Uyuni, Bolívia
  3. Machu Picchu, Peru
  4. Glaciar Perito Moreno, Argentina
  5. Cataratas do Iguaçu, Brasil e Argentina
  6. Trekking em Torres del Paine, Chile
  7. Trekking Rainbow Mountain, Peru
  8. Lagunas Escondidas e Vale da Morte em San Pedro de Atacama, Chile
  9. Downhill na Estrada da Morte, Bolívia
  10. Colca Canyon e o voo dos condores, Peru

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s