A capital espanhola é um destino procurado por portugueses pela proximidade e preço simpático de alguns pacotes de férias. A partir da cidade de nuestros hermanos é possível encontrar voos e pacotes de férias mais económicos do que de Portugal. Já lá fomos algumas vezes, mas juntos talvez tenha sido a primeira vez. E também foi uma novidade a visita em road trip com amigos, apesar de este quarteto já ter ido em busca do Douro o ano passado.

Queremos apresentar-vos a cidade por outro prisma, o da série que tem fãs em todo o mundo. Não temos fotos de tudo, porque nem tudo é em Madrid (aliás, muita coisa é fora da cidade) e alguns sítios não são fotografáveis,  como o CSIC.

Comecemos pelo óbvio, nem tudo é como vemos na Netflix. Sendo ficção, ninguém esperaria que eles nos mostrassem a verdadeira Casa de la Moneda ou o verdadeiro Banco de España. Aqui vamos falar dos cenários exteriores, porque os cenários interiores, como o café Hanoi onde Raquel e Sergio se conheceram, foram criados nos estúdios de gravação.

DSC_5905

Primeira e segunda temporadas

Estrada Nacional 80 (E80) – o assalto começa com a tomada da carrinha em plena estrada que liga Burgos a Portugal. Entrámos em Espanha por aqui, via Vilar Formoso,  à noite, daí não haver fotos, mas é uma estrada normal.

La casa de Toledo – a quinta onde tudo foi planeado e que, mais tarde, foi inspecionada pela polícia, chama-se El Gasco, e é um espaço para eventos, como casamentos. A quinta foi a residência do Marquês de Valterra e fica na Calle Tijuana em Torrelodones, fora de Madrid.

Farmácia – Angel vai seguir os passos do grupo e chega até uma farmácia onde Berlím compra medicamentos. Esta fica em Guadalajara, a mesma zona dos Campos de Lavanda espanhóis, na Av. de Lisboa 659, El Casar, fora de Madrid.

Fabrica Nacional de Moneda y Timbre ou Consejo Superior de Investigaciones Cientifícas – existe um museu da moeda, mas o edifício que deu a cara na série (temporadas 1 e 2) é outro. O CSIC fica na Calle Serrano 117, perto de outras zonas de interesse, como a Calle Castellana. É a maior instituição espanhola e a terceira maior europeia dedicada a investigação. O edifício fica dentro de muros, e o segurança não deixa entrar, sendo proibido tirar fotografias.

A verdadeira (não da série) Casa de la Moneda y Timbre fica na Calle Jorge Juan, 106, e o Museo Casa de la Moneda pode ser visitado de terça a domingo, na Calle Doctor Esquerdo, 33.

DSC_6271

Terraço da Casa da Moeda ou Escuela Técnica Superior de Ingenieros Aeronauticos – o terraço da cena em que os assaltantes surgem, no episódio 4 da primeira série, é da escola que faz parte da Universidad Politecnica de Madrid. Fica na Plaza del Cadernal Cisneros, 3. Pensamos que não iríamos conseguir chegar até ao terraço por isso não visitámos.

ABC de España – as notas usadas foram impressas nas máquinas de imprimir o Diário ABC. O edifício Rotomadrid fica na Calle Meridiano, 19, em Torrejón de Ardoz. Não recebe visitas. Nós fomos apenas ao museu da fundação que, não tendo qualquer ligação com a série, é um espaço muito interessante.

Armazém do Professor (hangar) – no Barrio San Blas, na Calle Miguel Yuste, 33, fica o esconderijo do professor, que na série é apresentado como sendo em Alcantara, 30.

Sucata – quando o professor vai destruir o Seat Ibiza de 1992 dirige-se a um espaço já utilizado várias vezes em televisão. O Desguaces El Choque fica a vinte minutos de Madrid na Calle del Acero, 2, em San Martín de la Vega. Aparece no episódio 7 da primeira temporada.

Calle del Labrador – Nesta rua o Professor invade um carro da polícia para os enganar.

Casa de Raquel Murillo – Fica na Calle San Juan de la Cruz, 47, em Villanueva de la Cañada.

Comisaría General de Policía Científica – o edifício existe na Calle Julián González Segador, Madrid. Como os cenários são só internos, é provável que nada tenha sido filmado lá. Aparece no episódio 2 da segunda temporada.

Hospital Universitario – No episódio 5 da segunda temporada o professor vai verificar uma informação que a polícia torna pública. Sabendo que só Angel sabe que o Professor e Sergio são a mesma pessoa e, apesar de desconfiar que se trata de uma armadilha, não consegue evitar verificar aquela ponta solta. Não conseguimos obter nenhuma informação sobre onde foi filmado, sabemos apenas que é muito semelhante com o de Torrejón. O mais lógico é ter sido alterado digitalmente. Sabemos que o símbolo é real e que a roupa hospitalar que a criança veste também.

Terceira temporada

Ermita de San Frutos – o espaço onde, na terceira temporada, o novo assalto é preparado, fica em Carrascal del Rio, Segóvia. São as ruínas de um mosteiro.

Plaza del Callao – foi aqui que choveram notas de 50€, logo nos primeiros episódios da terceira temporada. É a Times Square espanhola, com grandes ecrãs de projeção.

DSC_6134

Banco de Espanha ou Nuevos Ministérios – o edifício filmado é o Ministerio del Fomento. Fica no Paseo de la Castellana, 67, e pode-se entrar livremente nos jardins e parque de estacionamento.

Também temos um post com um roteiro de 4 dias em Madrid (aqui) e a descrição dos locais na cidade com os horários e pequenas dicas, aqui.

 

DSC_6106

DSC_6109

365 dias no mundo estiveram em Madrid de 4 a 7 de agosto de 2019

Este post pode conter links afiliados.