Madrid divide-se em vários bairros: Austrias, Las Letras, Salamanca, Casa de Campo, Castellana, Chamberí, Chueca, Conde Duque, Sol-Gran Via, La Latina, Lavapiés, Madrid Rio, Malasaña, Paseo del Arte, Princesa, Retiro, Salesas e Aeropuerto- Feria de Madrid. Uns são mais conhecidos que outros, uns estão cheios de atrações, outros respiram a verdadeira movida madrileña.

O melhor formato para conhecer Madrid depende do gosto pessoal e do tempo disponível. Os mínimos olímpicos da cidade podem ser visitados num par de horas de uma escala de voos, mas, para conhecer melhor a cidade, recomendamos 3 a 4 dias.

Dia 1 – Realeza e história

Podem tomar o pequeno almoço na Chocolateria San Ginés. Peçam um chocolate quente com churros e deliciem-se.

DSC_5894

Sigam para a Plaza Mayor e, de lá, para o Teatro Real. Em frente encontram o Palacio Real e a Catedral de Santa María la Real de la Almudena. Se for dia de render a guarda, não percam.

DSC_6141

O Mercado San Miguel fica perto. É o maior mercado da cidade, e onde dizem que se encontra o peixe e marisco mais frescos. É um bom local para tapas. Nós preferimos o Mercado de La Cebada, por ser menos turística, que fica a uma caminhada ligeiramente maior.

DSC_5882

Perto de San Miguel temos a Casa Cisneros, um exemplo de arquitetura. Sobre o rio Manzanares (nas traseiras do palácio) há várias pontes, como a Puente del Rey, que nos deixa na porta com o mesmo nome.

Sugerimos passar antes pela Plaza de España e depois para o Templo de Debod e, a partir do Mirador de la Montaña Principe Pío, apreciar a vista para o rio e para as pontes. O dia pode terminar com uma viagem de teleférico até Casa de Campo.

DSC_6260

Dia 2 – Gran Via e Cibeles

Primeira coisa a fazer é preparar um piquenique. Hoje é dia de comer na rua! Se esta não é a vossa onda, podem sempre ir a restaurantes, à hora de almoço muitos fazem um menu com preços entre os 10 e 15€, com entrada, prato, sobremesa e bebida.

DSC_6134

O dia começa na Plaza Callao, a Times Square espanhola, e daí descemos a Gran Via até ao Circulo de Bellas Artes, no cruzamento com a Calle de Alcalá. O Circulo de Bellas Artes tem um terraço panorâmico bastante agradável que permite ver a cidade de outro prisma. Ao chegar à Fuente Cibeles admirem os vários edifícios da praça: o Palacio Cibeles, o Banco de España e a Câmara Municipal (Ayuntamiento).

A hora de almoço já deve estar à espreita e o melhor é entrar no Parque del Retiro pela Puerta de Alcalá. Entrem no jardim, procurem um espaço agradável e façam um piquenique. São 125 hectares para percorrer, com um grande lago artificial e dois palácios, o Palacio de Cristal e o Palacio de Velázquez, que são casa para exposições temporárias. Por trás do jardim, no bairro Salamanca, encontram o Museo Casa de La Moneda e a Fabrica Nacional de Moneda y Timbre, paragens obrigatórias para os fãs da Casa del Papel. Podem ver o nosso roteiro de Madrid centrado na série aqui.

DSC_6256

Se não conseguir ver o jardim todo não se preocupem, amanhã vão passar novamente por perto. Saiam pela Puerta Filipe IV em direção ao Congreso de los Diputados. Não se pode visitar, mas é um edifício engraçado. O dia termina na Puerta do Sol, onde vêem a escultura do Urso e o Medronho, o KM 0 e a Real Casa de Correos.

Podem jantar na Bacoa, uma hamburgueria, e também podem passar pelo Pez Tortilla, uma casa de tapas.

DSC_5905

Dia 3 – Paseo del Arte

Dia de arte e cultura. O primeiro museu a visitar é o Museo del Prado. Velázquez, Goya e Rubens estão lá. Pode-se tentar deixar para o período grátis, mas a fila é tão grande que pode não valer a pena o risco de ter que visitar a correr. Não recomendamos a visita ao Real Jardim Botânico.

DSC_6060

Perto da Fuente de Neptuno encontram o Museo Nacional Thyssen- Bornemisza, de arte impressionista.

Almocem perto, até pode ser no café do Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, o Nubel, apesar de não ser barato. Sugerimos também o Plenti, o Le Comptoir de la Crêpe, a Casa González e o Grupo Triciclo (Sua, Tandem, Triciclo e Elisa).

DSC_6167

Visitem o Reina Sofia, os dois edifícios, vejam Guernica de Picasso e as obras de Dalí e Miró. Passem na estação de Atocha e no Monumento Victimas 11-M, o memorial às vítimas do atentado de 2004.

DSC_6174

Podem jantar na NAP de Lavapíes. Lavapíes é um bairro tradicional que em agosto tem a festa de San Lorenzo.

DSC_6017

Dia 4 – Malasaña e Castellana

Podem voltar à Gran Via e subir a Calle del Barco. Reparem nas fachadas das casas, vejam o estilo mudejar. Na Calle de la Puebla virem para a Iglesia San Antonio de los Alemanes.

DSC_6130

Na Calle del Pez encontram a estranha arte urbana que enfeita a rua, uns canteiros feitos com calças e sapatos. Nesta zona têm algumas pontos de interesse que podem visitar, como a Plaza del Dos de Mayo e o Museo de Historia de Madrid. Para almoçar, Malasaña tem muita oferta, porta sim, porta sim. Temos a Bodega la Ardosa, uma casa antiga tradicional, o grupo Pez Tortilla, La Colmada tem menu de almoço, a Casa Macareno também é uma opção.

DSC_6021

De tarde é para visitar Castellana, começando pela Biblioteca Nacional, a Plaza Colón e Júlia, uma obra temporária. Há o Museo de Escultura al Aire Libre, por baixo do Paseo Elevado de Enrique de la Mata Gorostizaga.

DSC_6113

O mítico estádio do Real Madrid, Santiago Barnabeu, fica aqui. As torres inclinadas do Bankia e as 4 Torres também são nesta via.

DSC_6100

Nesta rua, opções para comer não faltam, o mítico Hard Rock, o Habanera e o Lateral, por exemplo.

 

Se têm mais dias disponíveis, podem sempre conjugar com uma visita ao Parque Warner, um parque de diversões. Os bilhetes começam nos 30€, em promoção na internet, e vão até aos 46,90€ (preço normal). Também existe a versão aquática para o verão, o Parque Warner Beach.

Se querem um tour temático, sugerimos o nosso roteiro baseado na série La Casa de Papel, que se foca nas ruas e edifícios que aparecem nas primeiras três temporadas.

Para saber mais pormenores (horários e preços) sobre as atrações aqui descritos, leiam o artigo Hala Madrid!

Este artigo pode conter links afiliados.

banner_estatico_1

365 dias no mundo estiveram em Madrid de 4 a 7 de agosto de 2019

 

365diasnomundo.com