365diasnomundo.com

SUP- STAND UP PADDLE: ONDE PRATICAR EM PORTUGAL

O stand up paddle chegou e venceu. Tem conquistado praticantes pelas praias, barragens e rios. Nós temos praticado por todo o país e recomendamos.

Parece um desporto recente, este de andar equilibrado numa prancha a remar, mas o stand up paddle (SUP) é inspirado em técnicas antigas e no surf. Temos os caballitos de totora (Perú), os hasakes (Israel) e as canoas polinésias em que um homem se equilibra numa embarcação (rudimentar) e apanha ondas (surfar), às vezes com a ajuda de um remo.

Caballitos de totora

Oficialmente o stand up paddle surge no Havai, nos anos 60, para que os surfistas pudessem apoiar os seus alunos e fotografá-los durante as aulas. Chama-se Hoe He’e nalu (remar+surfar+onda). Quando passou a desporto surgiram nomes famosos como Dave Kamala, Garry Lopez, Brian Keaulana, Rick Tomas, Robbie Naish, Archie Kalepa e Laird Hamilton. Eram surfistas, mas usavam o remo quando não havia ondas. Por fim, a técnica propagou-se por todo o globo. Já em Portugal os praticantes de windsurf começaram a fazer SUP nos dias sem vento.

Apesar de ser habitual ver praticantes de stand up paddle em sítios sem ondas, existem várias técnicas. Wave- apanham-se ondas com uma prancha semelhante às de surf e com um remo. Race– usam-se pranchas tipo canoas e avalia-se quem chega à meta em menos tempo. Freestyle- avaliam-se as manobras na prancha. Rafting- descem-se rápidos. No entanto, surgem agora outras variantes como a pesca com a prancha, o ioga na prancha ou o que já vimos na Arrábida o SUP dog.

Onde utilizar uma prancha de stand up paddle

Nós praticamos um stand up paddle sem ondas, com o intuito de relaxar, chegar a um ponto inacessível por terra ou por diversão em grupo. A nossa prancha é insuflável, o que a torna muito prática. Vazia cabe numa mochila grande e o Tiago carrega-a às costas, enche-se em quinze minutos e está pronta a utilizar. Esvazia-se sozinha, sendo só preciso enrolar e voltar a por na mochila na hora da partida.

Barragens/albufeira

Temos muitas barragens com praias fluviais. As nossas albufeiras artificiais são muitas vezes grandes e a água é calma. Permite usufruir da prancha com calma, sem risco acrescido (utilizar colete).

Por exemplo: Barragens de Castelo de Bode, Aguieira, Montargil, etc.

Benagil

Querem chegar ao algar de Benagil? Porque não de stand up paddle? Nós já fomos ao algar de canoa, mas utilizámos a prancha para ir da Praia da Albandeira até às praias de Estaquinha, do Salgueiro, pedra do Sal e os Algares do Renato e de Albandeira. A parte chata aqui é a quantidade de barcos rápidos e catamarãs. Para conseguirem fazer os algares dum lado e de outro se calhar é melhor “acamparem” numa praia no meio como a Praia da Marinha. Falamos de praias pequenas, por isso é preciso chegar cedo. Aqui a parte boa é que podem juntar uma caminhada às atividades de mar. Existe o percurso dos sete vales suspensos que começa na Praia da Marinha e termina na Praia do Vale de Centianes.

Troia

Nós nunca utilizámos na Praia de Tróia, mas sim no banco de areia. Chegámos de táxi boat com a nossa lancheira, guarda-sol e prancha. Quinze minutos depois estávamos prontos para conquistar Tróia.

Arrábida

Nós costumamos ir para a Praia do Portinho da Arrábida, e a razão é simples, é até onde conseguimos chegar de carro. Enchemos a prancha e vamos tentar contornar a pedra da Anixa.

SUP na água

Rios

Quando percorremos a N103 praticámos stand up paddle no rio Lima, junto ao Lima Escape.

stand up paddle
Foto de: @aktivanatura

Sabemos que no rio Paiva em Arouca também é possível.

Recomendações

Nós comprámos a nossa prancha depois de já termos testado várias vezes, por exemplo em Cartagena. Experimentem antes de comprar.

stand up paddle
Nós de prancha de SUP alugada em Cartagena

Utilizem colete, mesmo que saibam nadar, azares acontecem.

Podem utilizar a vossa máquina de ação na prancha.

Este artigo pode conter links afiliados.

Partilhar:

4 respostas

  1. Estou a pensar ir nas férias da páscoa fazer Sup, já faço há algum tempo, tenho ,58 anos e vou só por isso queria ir com um grupo, conhecem algo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Indice

Mais artigos

Espanha

AS PRAIAS DE MAIORCA (ESPANHA)

Maiorca é um dos destinos que os europeus mais escolhem para praia. A temperatura da água, o clima, as condições de alojamento e os preços ajudam a que seja um destino de eleição.

Ler Mais »
Espanha

WELCOME TO MAIORCA

Quem gosta de praia não pode perder Maiorca, mas quem gosta de arte, gastronomia, enologia e cultura também não.

Ler Mais »