EUROPA

COMBOIO HISTÓRICO DO VOUGA (PORTUGAL)

E se fossemos conhecer uma linha de comboio já pouco utilizada e com troços desativados, como se fazia antigamente? É isto que a CP propõe nos fins de semana de verão, na linha do Vouga. O vouguinha parte de Aveiro e leva-nos até à Macinhata do Vouga e Águeda, numa viagem histórica cheia de tradições.

A HISTÓRIA DO AZULEJO (PORTUGAL)

Se gostam dos azulejos portugueses e gostavam de saber mais sobre a sua história devem visitar o Museu Nacional do Azulejo que fica no antigo edifício do Convento da Madre de Deus.

CAMINITO DEL REY – Dicas (ESPANHA)

Na província de Málaga encontra-se aquele que já foi o trilho mais perigoso do mundo. Fechado depois de várias mortes, reabriu em 2015, completamente renovado. Hoje tem acesso controlado e é um percurso fácil de 2,5 horas.

MUITO PRAZER, BLAVA (ESLOVÁQUIA)

Quem procura conhecer várias capitais em poucos dias pode planear a sua viagem para Viena, Praga, Bratislava e Budapeste. Blava fica a uma curta viagem de Viena e há quem diga que um dia chega para conhecer o principal.

CAMINITO “SEM” REY (ESPANHA)

De percurso mais perigoso do mundo a trilho para todos, o Caminito Del Rey transforma-se. Desde 2015 que é possível percorrer os 7,7km com facilidade, desfrutando do desfiladeiro los Gaitanes.

SEVILLA – HIGHLIGHTS (ESPANHA)

Sevilla is a vibrant city, full of music, rhythm and dance. Tapas, tinto de verano and cañas keep you on the street talking with your friends. History and the discover of the New World bring you art and Moorish architecture.

CEREJAS E MERGULHOS NO VALLE DEL JERTE (ESPANHA)

No vale do rio Jerte encontram-se mais de um milhão de cerejeiras. O vale une Plasencia a Tornavacas. O mosteiro de Yuste, a Garganta la Olla, Cáparra e a Reserva Natural de la Garganta de los Infiernos são algumas das atrações que visitámos.

SEVILHA, A PÉROLA DE ANDALUZIA (ESPANHA)

Em Espanha há uma cidade que já foi muito importante, quando Colombo descobriu a américa. Foi perdendo a sua importância, mas manteve tradições que a tornaram a pôr na moda, como a Feria de Abril.