UM FIM DE SEMANA EM… PORTALEGRE (PORTUGAL)

Os fins de semana são suficientes para conhecer mais de Portugal. A duas horas de Lisboa encontramos a região da Serra de são Mamede. Nós fomos ao Marvão e a Castelo de Vide.

ARQUITETURA DINAMARQUESA

E quando uma cidade vos surpreende pela quantidade de edifícios diferentes que tem? Principalmente numa altura que em Portugal se renova mais do que se inova Copenhaga salta À vista pela arquitetura.

ROTEIRO DE 3 DIAS EM COPENHAGA (DINAMARCA)

Copenhaga em 3 dias, desde museus, ao porto, assistir à troca da Guarda, passear no jardim botânico, em três dias consegue-se fazer muita coisa, se não quase toda a parte principal. Não nos esquecemos de incluir museus, passeios pelos canais, ida a Nyhavn nem da pequena sereia. Ainda tem bónus, tem a nova estátua geneticamente modificada onde quase ninguém vai.

A TERRA DA PEQUENA SEREIA (DINAMARCA)

Copenhaga é uma capital cheia de boas razões para ser visitada, é moderna, mas tem história. Circula-se bem de transportes públicos, mas também de bicicleta. Apoia a arte e é terra de liberdade. Vale a pena visitar.

CIRCULAR EM COPENHAGA (DINAMARCA)

Em Copenhaga faz todo o sentido não pensar apenas em transportes públicos. É fácil de perceber que os residentes gostam de utilizar bicicletas. Em todo o lado há parques de bicicletas quase cheios. Entre autocarros, metros, barcos, andar ou de bicicleta, preferimos este último.

O MELHOR JARDIM BOTÂNICO É NOSSO E FICA NUM PALÁCIO (QUELUZ)

O Palácio de Queluz tem o jardim botânico vencedor do prémio de conservação em 2018. Este palácio foi residência oficial da família real e é aqui que nasce e morre D. Pedro IV de Portugal e I do Brasil. Vale a pena passar meio dia no palácio, vaguear de sala em sala entre tons pasteis e dourados, caminhar entre arbustos, fontes e estátuas.